O que pescar no Inverno?

Pesca Cananeia      terça-feira, 27 de junho de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

O que pescar no Inverno?

Muitos pescadores entendem que essa estação do ano não é das melhores para ter sucesso numa jornada de pesca por uma série de motivos do tipo: os peixes ficam mais “manhosos”, o frio é “cortante” à beira d’água e com o inverno não se pega peixe, “só gripe”.

No entanto, se o pescador pensa em ficar até o dia 22 de setembro - data em que começa a Primavera - sem fazer o que mais gosta por causa das razões citadas, ele está enganado.

Segundo nossos consultores, a diversão é garantida com algumas espécies “friorentas”.  São elas: black bass, truta e carpa para água doce, anchova, sororoca, olho-de-boi e badejo para água salgada.

Confira algumas dicas para se dar bem na pescaria desses peixes:

Anchovas e sororocas

O Inverno é a época certa para anchovas e sororocas na região Sudeste, em especial na região de Ilha Bela (SP). Segundo Antonio Luiz Amaral, o famoso Tuba, a pesca de arremesso, o corrico e os jigs são boas maneiras de conseguir capturar essas espécies. “É uma época boa para a pesca de superfície”, afirma ele.

Anchovas e sororocas também atacam iscas vivas, como sardinhas e paratis. As anchovas gostam de águas geladas, beirando os 19ºC. Por conta da maior concentração de oxigênio dissolvido na água, elas ficam elétricas, com muito mais fôlego e disposição.

Badejos e olhos-de-boi

Quem pretende pescar nas praias do Nordeste durante este Inverno deve pedir para os guias pelos badejos e olhos-de-boi. Um bom lugar para visitar, de acordo com Tuba, é o Banco Royal Charlotte, perto de Canavieiras (BA).

O corrico e a pesca de arremesso são algumas opções, desde que sejam utilizadas as iscas de fundo.

“Atuns pequenos vivos também são boas iscas naturais para quem deseja pescar badejos e olhos-de-boi”, comenta Tuba.  

Black bass

O black bass é uma espécie introduzida no Brasil na década de 1920. Oriundo da América do Norte, o bass está muito bem adaptado ao frio.

No Inverno, o bass procura o leito dos rios em busca de uma zona térmica mais confortável. É normalmente nesse local que o pescador tem mais chance de capturá-lo.

“Essa é uma boa época para testar as técnicas de finesse e deep crank bait, porque os peixes estão mais lentos e atacam a isca ora pela apresentação mais natural ora por reação. Então, temos que buscá-los de maneira mais estratégica”, define o editor Alex Koike, fã da pesca do black bass em diversos pontos do Brasil.

Truta 

Os amantes do fly podem tirar proveito do Inverno se o alvo são as trutas. Para elas, se a temperatura variar entre 10ºC e 12ºC melhor ainda (o calor nunca favorece a truta). O peixe só ficará inativo com a temperatura abaixo dos 5ºC.

Mas se o pescador não for muito fã do fly, ele pode ficar tranquilo. Equipamentos leves com o uso de molinetes e spinners tamanho 1 e 2 também podem garantir bastante divertimento.

Um bom local para pescar trutas são as regiões montanhosas, como em Santo Antonio do Pinhal (SP), de acordo com Alex Koike. “Pesquei muita truta em Sano Antonio Pinhal. Usei spinners e tive muito sucesso” diz ele.

Carpa

Moradoras de diversos lagos e rios do Brasil, as carpas também são “friorentas”. Quando a temperatura varia entre 15º C e 17ºC elas ficam mais ativas e podem tomar a linha do seu molinete ou carretilha com muita facilidade.

Alex Koike recomenda o uso de cevas para atrair as carpas. “O tipo de ceva vai da criatividade do pescador. Mas é bom cevar um determinado local, porque isso facilita a pescaria da espécie”, explica.

Feito isso, o pescador pode utilizar iscas naturais, de preferência massa.

Fonte: Revista Pesca e Companhia

Pesca Esportiva em Cananéia

 

Comentários

Tópicos:

Últimos artigos

O que pescar no Inverno?

terça-feira, 27 de junho de 2017

Guia de Viagem Cananéia: Sítio Bela Vista

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Coheça o Centro Histórico de Cananéia

quinta-feira, 16 de março de 2017

Pesca com Iscas Vivas - Pesca em Cananéia

terça-feira, 7 de março de 2017